Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Matrix’ Category

Luca (6) perguntou para sua mãe, que acabava de voltar do laboratório:
-Mãe, tiraram o seu sangue?
-Tiraram 5 tubos, filho!
E ele, assustado:
-MAS VÃO TE DEVOLVER, NÉ?????

Minha sobrinha linda Bruna (15) estava conversando com sua mãe sobre um vídeo muito legal do Black Eyed Peas, quando a Laura (8) dispara:
-Olha! Eles foram lá na escola!!!!!!!!!!!! =)

Gente, essa é do Théo(4), filho da Lidiane, grande amiga desse blog.
-Mãe, tô de barriga cheia!
-Então não vou te dar o chiclete, Théo… Sua barriga não está cheia?
-O chiclete não vai pra minha barriga, só a comida que vai! Então eu posso ganhar o chiclete!

Pra terminar, essa é do Francisco (5), filho da minha amiga Thais, que mora na Espanha!
– É, ninguém me escuta nessa casa … o Antônio nao me escuta, a “mamaiii” nao me escuta, a Camila nao me escuta …. Mas já tá decidido, vou trocar de família !!

E durma com um barulho desse!!!!!

Anúncios

Read Full Post »

É essa coisinha colorida aí, ó. Coloquei a foto porque de repente os leitores são mais jovenzinhos do que eu hehehe… Ok, confesso minha data de nascimento “meio” antiga, mas se eu não deixar todo mundo por dentro do que é monóculo, não vão entender a pérola que colocarei abaixo.

Essas duas últimas semanas foram de muito trabalho, e participei de três “workshops” em São Paulo, na minha área de intercâmbio cultural. Uma das minhas parceiras na área, em meio a uma reunião, me contou que outro dia sua mãe estava conversando com a filha mais nova, a caçulinha da casa.

-Filha, na minha época Camboriú (o balneário em SC) era muito mais legal.
-Por quê?
-Ah, não tinha tantos prédios, e o sol banhava a praia… Espera aí, que eu tenho um monóculo com uma foto de Camboriú quando eu era criança!

E lá se foi a mamãe aplicada buscar o tal do monóculo (que agora todo mundo já sabe o que é). E a filhinha, toda contente, colocou o aparelhinho perto dos olhos e ficou, ficou, ficou….

-Mamãe???
-Oi, filha…
-Na sua época de criança, o céu era pra baixo??

Read Full Post »

Queridos amigos e leitores deste blog, que assim como eu, admiram o mundo infantil e se divertem com ele…

Hoje desejo a todos um Natal cheio de sorrisos, e sei que as frases abaixo, da Fefê (minha sobrinha de 6 anos) vão colaborar para que isso aconteça!!! =D

-Fefê… – diz sua mãe – Você sabe que o Natal é o aniversário de Jesus, não sabe?
-Quantos anos o Jesus está fazendo?
-2011, minha filha…
-É? E ele é mais novo ou mais velho que você?

=D

Alguns dias antes do Natal, Fernanda apronta um berreiro em casa…
-O que foi, Fernanda??? – pergunta a mãe assustada.
-Eu não escrevi a cartinha pro Papai Noeeeeel!!!!!!!!!! – ela responde, chorando.
-Mas filha, não tem problema, por que você está triste assim?
-Mas e o meu presenteeeeeeeeee? – ela pergunta, soluçando.
-Filha… Ele vai se lembrar da sua sandália que você quer ganhar, não se preocupe… Já se esqueceu que a gente viu o Papai Noel lá no Shopping? Você não contou pra ele o que quer ganhar de presente?
-Contei… – Fefê responde, para depois abrir o berreiro de novo.
-Mas o que é que foi dessa vez, minha filha?
-É que eu não falei o número que eu calçaaaaaaaaaaavaaaaaaaaaa!!!!!!!!

Read Full Post »

Semana passada nos brindou com um pequeno feriado. Digo pequeno porque tive que trabalhar na sexta, mas não vamos reclamar… 🙂
Na quinta, dia de folga, fui com Júlia patinar no gelo. Claro, ser mãe é padecer no paraíso e, principalmente, PAGAR MICO. Lá fui eu de capacete, cotoveleira, joelheira e olheira… rs – Acordamos cedo para chegarmos ao shopping logo no início de suas atividades e evitar… digamos… a platéia!

Mas foi ótimo, não posso negar. Ainda mais porque feriado rende pérolas, que agora compartilho com vocês:

Clara (6):
-Mãe, que bom que mulher não tem cabelo no sovaco, né?
-Filha, mas a mulher tem, sim… É que a gente raspa.
-Nossa… Quer dizer que quando eu for adulta vou ter que ir TODOS OS DIAS no SOVAQUEIRO????

Enzo (8):
-Mãe, escreve assim: “POSSO IR NA SUA CASA AMANHÃ?” E bota ponto de INVESTIGAÇÃO!

Juju (9), estudando inglês comigo:
-Júlia, olha só. U.S.A significa…
-Eu sei! É United States of America!
-Isso mesmo! E esse país aqui, POLAND??
-Polândia?

Luca (5), escolhendo o sabor do sorvete:
-Pai, eu quero de PALMILHA!!!!!!!!!!!

Read Full Post »

O papo no churrasco virou uma discussão animada sobre crianças e alimentação…
De acordo com a avó, o Bernardo, que estava lá brincando feliz entre a meninada, não gostava de comer nada.
Como assim, não come nada? – perguntei, horrorizada.
Nada mesmo! Ele sempre fala que não tem fome!
Logo a nora entrou na conversa dizendo que tinha umas bolachas recheadas na bolsa, assim, só pra garantir.
Mas a avó estava tranquila. Naquela tarde, Bernado já tinha ingerido “3 pedacinhos de carne”, motivo para comemoração!
-Já falei que esse negócio de criança não comer é bobagem, menino quando tem fome, come! – opinou, dessa vez, o tio do garoto.
“Papo de homem…” – pensei. Não há mãe no mundo que resista ao estresse da falta de apetite da prole. A gente até começa bem, mas depois está chutando parede, jogando batata baroa pra cima, gritando “COMEEEEEEEEEEEEE CRIATURA DE DEUSSSSSSSSSSSSS!”

Minha mãe conta que meu irmão do meio não comia até os 3 anos de idade. Era uma colherada, uma cusparada, uma colherada, e lá ia de novo aquela gosma escorrendo pelo canto da boca dele…
O pediatra, que deve ser amigo do tio do Bernardo, dizia para a minha mãe: “Larga o menino, na hora que a fome apertar, tenho certeza que ele vai comer!
Ela bem que tentava. Largava o filho mas ficava lá, espiando de soslaio, vendo meu irmão batucando no prato com a colher e espirrando comida pra cima…
Não, não há mãe que aguente isso!
A minha, num ato de desespero, batia TUDO no liquidificador (carne, verdura etc) e enchia a mamadeira do bichinho. Imaginem o tamanho do furo no bico da dita cuja… Mas não tinha problema, ele mandava tudo para o estômago, e de preferência dormindo, pois assim nem percebia que estava comendo.

E o tal de “não gosto” mas nunca comeu na vida? Hoje tive que apelar na hora do almoço!
Não quero, não gosto de pirê. – Júlia reclamou, fazendo careta para o prato.
Não gosta????? – Perguntei, na calma típica das mães de hoje em dia, que corrigem dever dos filhos, falam ao telefone e ah, também comem, na hora do almoço – Pois aqui em casa ACABOU esse negócio de não gosto! Não come batata??? Pois pirê é batata amassada com garfo, por isso VAI COMER!

Tá, estressei, mas funcionou! Não sobrou NADA no prato! =D
Bom, mas voltando ao churrasco: Bernardo engasgou, e numa manobra da tia, conseguiu “colocar pra fora” (felizmente, diga-se de passagem), os tais pedaços que tinha ingerido!
À noite eu faço miojo… – comentou a avó, resignada – Se comer metade, está bom…
Então ela (a avó) se lembrou do filhinho de uma conhecida, um menino de uns 5 anos de idade, que comia TUDO!
Como assim, come tudo??? – perguntei, horrorizada.
Tudo mesmo! Teve um dia que ele perguntou para a empregada o que ela estava fazendo e ela respondeu “JILÓ! VOCÊ GOSTA?”. O menino deu um sorriso e respondeu “GOSTO!!!”. Segundos depois, ele perguntou: “MAS O QUE É JILÓ?”

Da próxima vez, mães, ao invés de apelarem para algum Santo, apelem para o lendário menino de 5 anos conhecido da avó do Bernardo, e seja o que Deus quiser!!!!

Read Full Post »