Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Festa de criança’ Category

-bolo_aniversario 5

Ontem foi um dia feliz. O Colégio Sagrado Coração de Maria aqui de BH (turma do segundo período) me convidou para um bate-papo na escola durante a feira do livro. Tive o prazer de conversar com uma alegre turminha de “meninos e meninas de 5” sobre o meu livro “Menina de 3”. Eles fizeram um projeto literário baseado no meu livro, e estavam de prontidão para me fazerem mil perguntas com um microfone colorido que as professoras Dani e Fernanda fizeram.

-Quanto tempo demora pra fazer um livro? Qual o seu próximo livro? Você estudou muito para escrever esse livro? A Menina de Três é sua filha? Quem fez os desenhos do seu livro?

Ah, delícia… Como é bom ter esse contato com as crianças. O parte dura foi ouvir de um aluninho, que ao ver minha foto na página final do livro,soltou essa pérola:

-Luiza, você ERA muito bonita!

=D

 

 

Anúncios

Read Full Post »

LINGUA DA SOGRAcoxinha

Ok, concordo que essas imagens, juntas, não fazem sentido. O que língua de sogra tem a ver com coxinha de frango?

Juntas, nada a ver. Mas são imagens que me remetem a duas histórias muito engraçadinhas que minha colega de trabalho, a Giselle, tem pra contar da sua filhota Letícia.

A Letícia, como toda criança, tem sua própria lógica. E essa lógica infantil nos mostra como as crianças são espertas, divertidas e inteligentes.

Para a Letícia, língua de sogra é língua de SOPRA.

E coxinha de frango é GOTINHA de frango.

Quer lógica mais lógica que a da Letícia????? E viva as crianças! =)

Read Full Post »

ImagemMeus queridos leitores… Ontem foi meu aniversário e tenho que compartilhar o cartãozinho que ganhei da Juju, minha filha!

Amei ganhar meus 39 anos e, junto, o título de dona de idade avançada… Hehehe….

Aproveito pra agradecer os parabéns carinhosos que ganhei pelo dia de ontem!

Beijos a todos!

Read Full Post »

Criança vê o mundo diferente. Fato.
Ok, isso não é novidade pra ninguém, eu sei. É claro que o olhar da criança é diferenciado, puro, ingênuo, arrebatador, colorido, criativo, autêntico. Mas uma coisa é saber, a outra é ter provas concretas…

Outro dia me deparei com um caderninho de anotações de Juju sobre sua excursão a Ouro Preto, nossa famosa cidade histórica que está a poucos quilômetros de Belo Horizonte, onde vivemos.

Não resisti e quis trazer as anotações para vocês.
Nesse feriadão de 1o. de maio, quando muitos viajam (com exceção da autora desse blog =D), seguem as palavras da observadora viajante Juju, então com 9 anos… O texto está sendo reproduzido integralmente, do jeitinho que ela escreveu, ok???? É uma pena que eu não possa reproduzir as letras tremidas pelo sacolejo do ônibus de sua excursão… 🙂

“Hoje eu vou para Ouro Preto. Estou dentro do ônibus observando a paisagem, com a minha amiga Thaís.
Os monumentos de Ouro Preto podem ter mais de 300 anos!
Olhamos o Pico do Itacolomi. Agora vamos entrar em uma igreja, muito antiga.
Chegamos! Na Igreja São Francisco de Assis. Tinha igreja para escravos, pintores etc…
O Aleijadinho tinha uma doença muito forte.
O teto dessa igreja é maravilhoso.
O lustre é de cristal.
O altar dá vontade de tirar 1000 fotos.
Tem uma sandália chamada Franciscana em nome de São Francisco de Assis.
Tem uma escultura chamada Lavablo.
Essa igreja foi projetada em 1765 e acabou de ser projetada em 1810.
O leão de madeira foi projetado em 1787 e foi o Alejadinho que fez.
Esse museu é incrível. Tem uma loja chamada (Mundo Kids). Parece legal.”

PALAVRA DA AUTORA: Parada para observações, leitores. Eu também não entendi como uma igreja virou museu, e não compreendo que raio de loja Mundo Kids é essa. Acredito eu que foi uma loja avistada da janela do ônibus, mas isso é só um palpite de uma mãe não presente na viagem. Ok, voltemos ao diário de bordo:

“Continuando o assunto… As esculturas são perfeitas.
A igreja agora chama-se Igreja Matriz.
A escultura dá impreção que é um samurai.”

OUTRA PARADA: Leitor, lembro a você que foi a Juju que escreveu esse diário. Eu sei que impressão se escreve com “ss”, e compartilho da mesma opinião que a Igreja não mudou de nome e se tornou Igreja Matriz. Tenho uma leve impreSSão que a meninada foi visitar outra igreja, mas essa é, reforçando, uma impreSSão minha!

“Nós vimos o túmulo do Alejadinho e da Maria de Dirceu. Depois almoçamos.
E agora estamos na casa de Tiradentes.
A casa tem rio e ela foi feita em 2 anos. E tinha muito ouro. Vamos entrar daqui a pouco.
Nós vamos ver as cópias das moedas antigas e a cenzala. (Essa casa tem lustres maravilhosos!)”

LEITOR, a minha casa também tem lustres. E não, não sei o motivo da minha filha reparar tanto neles. E hoje ela sabe quem é MaríLIA de Dirceu!!! =D

“Parece uma manção. Tem até uma pia para os escravos.
A casa tem 4 andares. Tem uma caveira aqui. É ASSUSTADOR!
Isso é muito doido!
Tem coisas que dão nojo, tipo aonde os escravos faziam cocô e xixi.
Mostra a cadeira para o dentista.
Nós vimos a cozinha dos escravos. Tem até uma balança.
Tem uma moeda chamada Mori. Que moedas malucas!
Achamos as notas e os RÉIS.
Vimos moedas de 1994 e até de 1998!
A vista daqui é maravilhosa!!! “MAS DÁ MEDO”
Lá vamos nós subir o morro.
Nós vamos ir no Museu da Inconfidência que tem o túmulo da Bárbara Heliodora e do Tomaz Antônio Gonzaga.”

PUXA, obrigada, Juju, AGORA eu sei onde você está. Continuando…

“Estamos vendo vários quadros aqui, no museu da Inconfidência. Chegamos.
Aqui onde estamos é a cadeia dos mais perigosos.
Estamos vendo a Litera estamos vendo até revolver.
Vimos duas maquetes.
Tem Percução.
Achamos as peças da forca que usaram para enforcar o Tiradentes”.

AAAAH… Estavam perdidas? Ok, dando prosseguimento… 🙂

“Vimos o relójio de Tiradentes. O túmulo de Bárbara Bela, Marília de Dirceu e José Álvares Maciel estão aqui. Nós vimos objetos muito antigos.
Tem uma cadeira chamada cadeirinha de Arruar.
Nós vimos a estátua de São Jorge.
Quantas jóias!
Chegamos a outro museu maravilhoso quantas coisas parada para lanchar”

AINDA BEM que tem parada para lanchar, porque parada na frase (vírgula, ponto) não existe pra minha filha! Continuando…

“Agora já estamos no ônibus para ir embora. Adeus, Ouro Preto!”

MAS JÁ??? E NEM ME CONTOU SE LANCHOU DIREITINHO????????

Read Full Post »


Há mais ou menos 10 anos e 8 meses, nascia o Palavra de Criança.
Nessa época ele não era um blog, mas um caderno onde eu, pacientemente, anotava meu dia-a-dia de gravidez.
Quando Juju começou a crescer, as pérolas foram nascendo. “Tiradas” fofas, engraçadas, que me faziam rir, e às vezes pensar… Criança tem mesmo cada uma!

Depois veio o blog, para compartilhar não só as pérolas da Juju, mas de outras crianças que conheço pessoalmente ou virtualmente. E assim, o Palavra de Criança foi ganhando recheio e ficando cada vez mais gostoso.

Mas gostoso mesmo é ser criança! Por isso, Juju, nesse seu aniversário de 10 anos, o que peço para você é saúde e disposição, para levar a vida sem perder essa criança linda que está dentro de você.

Te amo!!!!!!!!!!!!
Sua mamãe

Read Full Post »

Na volta da casa do meu irmão, onde Juju(9) brincou com os primos, no carro, à noite, com chuva:

-Mãe…
-Oi.
-Acho que o mundo seria melhor se não existisse o dinheiro.
-Como assim, filha, ia ser difícil, não acha?
-Ah, mãe, ia ser melhor. Aí todo mundo ia viver tranquilo… Tipo… Cada um fazia a coisa que sabia… Assim, se a pessoa sabe fazer suco em lata, ela faz…
-Hã?
-E a outra pessoa fazia outra coisa, e cada um fazia uma coisa, e assim as pessoas iam trocando.
-Mas como a pessoa vai fazer suco em lata se ela não tem dinheiro? E a máquina para fazer a lata?
-Ela faz a máquina também…
-Júlia, antes era assim. Por exemplo, tinha um criador de ovelhas e um agricultor que plantava tomate. Aí um tosava a ovelha e entregava a lã, e o outro dava de volta um quilo de tomates… Entendeu?
-Então, tinha que ser assim…
-Júlia, a questão não é o dinheiro deixar de existir. A questão é todo mundo ter uma quantidade de dinheiro que deixa a pessoa ter uma vida legal, entende?
-É… A gente não tem luxo, mas tem uma vida legal…
-Pois é (concordo, fazer o quê? =D )
-E por que a pessoa que tem a empresa ganha mais do que quem trabalha nela?
-Porque a pessoa construiu a empresa, Júlia.
-Mas isso não é justo!
-Filha, é sim, pensa, a empresa ganha 100, aí tem 5 funcionários, cada um ganha 10 e quem tem a empresa fica com 50.
-Mas todo mundo tinha que ganhar igual!
-E se alguém trabalha muito e o outro não trabalha nada, tem que ganhar igual?
-…
-E as vezes, o que trabalha, pode querer um dia ter uma empresa também…
-…
-Às vezes eu faço massagem no seu ombro e ganho 1 real.
-Pois é, filha!
-Mas às vezes eu faço assim mesmo e não quero ganhar nada.
-ISSO é justo!
🙂

Read Full Post »

Queridos amigos e leitores deste blog, que assim como eu, admiram o mundo infantil e se divertem com ele…

Hoje desejo a todos um Natal cheio de sorrisos, e sei que as frases abaixo, da Fefê (minha sobrinha de 6 anos) vão colaborar para que isso aconteça!!! =D

-Fefê… – diz sua mãe – Você sabe que o Natal é o aniversário de Jesus, não sabe?
-Quantos anos o Jesus está fazendo?
-2011, minha filha…
-É? E ele é mais novo ou mais velho que você?

=D

Alguns dias antes do Natal, Fernanda apronta um berreiro em casa…
-O que foi, Fernanda??? – pergunta a mãe assustada.
-Eu não escrevi a cartinha pro Papai Noeeeeel!!!!!!!!!! – ela responde, chorando.
-Mas filha, não tem problema, por que você está triste assim?
-Mas e o meu presenteeeeeeeeee? – ela pergunta, soluçando.
-Filha… Ele vai se lembrar da sua sandália que você quer ganhar, não se preocupe… Já se esqueceu que a gente viu o Papai Noel lá no Shopping? Você não contou pra ele o que quer ganhar de presente?
-Contei… – Fefê responde, para depois abrir o berreiro de novo.
-Mas o que é que foi dessa vez, minha filha?
-É que eu não falei o número que eu calçaaaaaaaaaaavaaaaaaaaaa!!!!!!!!

Read Full Post »

Older Posts »